Um Dia Apenas.

by - terça-feira, junho 02, 2015


Ela abriu os olhos e se viu em um cenário totalmente diferente do que ela estava antes de abrir os olhos. Não reconheceu o quarto, a cama, o clima, achou que era um sonho e se beliscou e gritou tão alto que ficou com medo de alguém ouvir. Foi ao banheiro se olhou no espelho, e em sua aparência nada tinha mudado. Escovou os dentes, lavou o rosto e foi até as janelas. Ao abri-las um vento frio penetrou quarto a dentro, e na mesma hora ela voltou a fechar as janelas. Abriu o armário e não tinham roupas e foi a procura de uma mala.
Achou a mala, e se arrumou devidamente para o frio que estava e retornou a abrir a janela para se localizar. Ao abrir a janela, ela reparou no pequeno canteiro de flores, porem estavam secas devido ao frio. Aos poucos foi olhando ao redor e percebeu que estava em algum andar, talvez no terceiro de algum hotel em um lugar frio que não era sua cidade.
Era uma cidade que parecia cena de um filme antigo e romântico, com pessoas elegantes e bem arrumadas andando pelas ruas, e ela estava encantada com tudo aquilo que os seus olhos conseguiam enxergar. Decidiu descer e explorar as coisas e descobrir onde estava. Assim que colocou os pés para fora do hotel e olhou para o lado, pode vê-la, bem longe e com todo seu charme e elegância. Ela estava em Paris.
Ela estava naquela cidade, naquele País que ela tanto sonhou. No mesmo instante seus olhos se encheram de lagrimas e seu sorriso bobo de uma criança feliz não lhe saia do rosto. Não perdeu mais tempo, foi até a torre Eiffel, visitou cafeterias famosas e se divertiu até não aguentar mais. Quando já era bem tarde ela voltou para o hotel, tomou banho e foi dormir. Ao acordar percebeu que estava de volta a sua casa, ao seu quarto, e a sua realidade. Tudo aconteceu em um dia apenas, porém o tempo necessário para ser inesquecível.

You May Also Like

1 comentários

Comente aqui =)