Meu Lugar ao Sol

by - segunda-feira, fevereiro 24, 2014


     Voltar para o lugar que um dia jurei que não voltaria, é como abrir uma caixa que você deixava largada no porão e usar as coisas que estavam nela de novo, e foi isso que fiz, voltei, tirei a poeira que cobria meu lugar ali, no calor adorável do verão, meu lugar ao sol. Ao olhar de alguns foi estranho eu estar de volta, e ao ver de outros não fez diferença alguma, admito que de primeira foi estranho e um pouco inquietante estar naquele lugar com lembranças boas e ruins, um baú de memorias aberto, mas com o passar dos dias o cenário foi se adequando aos meus olhos e pude ver que mesmo tanto tempo longe ainda fazia parte de mim, fui desenterrando lembranças e historias que estavam em um lugar guardadas e eu não fazia ideia que existisse, reencontrar pessoas amadas e queridas, e matar saudades de amizades que nunca foram esquecidas, porem estavam adormecidas, foram sensações e momentos que não imaginei sentir.

     Fazem exatamente 4 anos que eu sai de lá, eu tinha apenas quinze anos quando tomei a decisão de ir embora, e voltar é praticamente meu "de volta aos quinze", porém um pouco mais madura, e com muitos outros sonhos e objetivos. Hoje me sinto confortável ao andar nas ruas que quase não conheço mais e admito que as vezes paro um pouco pra pensar em quantos anos tenho, é engraçado, mas é verdade. Posso dizer que aproveitei muito da minha adolescência e infância, e acho que ainda estou aproveitando, pois mesmo prestes a fazer vinte anos, ainda me sinto com quatorze, quinze anos, mas com um pouquinho mais de maturidade.

Beijinhos =)

You May Also Like

0 comentários

Comente aqui =)